Wellington Fagundes: “experiências de Singapura podem mudar a realidade de nosso país”

Wellington Fagundes: “experiências de Singapura podem mudar a realidade de nosso país”


“A realidade dos modernos portos de Singapura poderão ser aplicadas ao Brasil, mudando de vez o nosso padrão de competitividade para melhor”. A afirmação partiu nesta segunda-feira, 3, do presidente da Frente Parlamentar Mista de Logística e Infraestrutura, senador Wellington Fagundes (PL-MT), que faz visita técnica à cidade-estado do sudeste asiático.

Uma comitiva formada por representantes do Legislativo e do Executivo brasileiro, e por empresários ligados ao setor de logística portuária, conheceu o funcionamento de um dos mais modernos e movimentados portos do mundo, obtendo detalhes de como ele se prepara para o futuro de um mercado global que não pára de crescer.

A visita técnica ao Porto de Singapura é parte da programação da 17ª edição do Santos Export – Fórum Nacional para Expansão do Setor Logístico Portuário, que acontece nos dias 8 e 9 de outubro, no Royal Tulip Alvorada, em Brasília.

Ao visitar a PSA, que faz parte de um grupo portuário global com projetos em toda Ásia, Europa e Américas, o senador destacou os números que são “perfeitamente aplicáveis, caso haja os investimentos certos”. Segundo ele, a gigante possui cerca de 600 portos em todo o mundo e, somente em Singapura, opera com uma capacidade de movimentação de 45 milhões de Contêineres. Wellington destacou ainda que 85% da movimentação destas cargas é informatizada, o que confere maior dinamismo e reduz expressivos custos, além de fomentar a especialização tecnológica da população. 

Por conta disso, a comitiva conheceu a os trabalhos da PSA University, criada em 1962 e que já treinou mais de 700 mil pessoas para os trabalhos do dia a dia do porto. A visita incluiu também a MPA (Maritime and Port Authority of Singapore), órgão regulador que é subordinado ao Ministério dos Transportes do país, e define as regras de utilização do porto e também está cuidando de sua ampliação.

Apesar de ser um país pequeno, com pouco mais de 5 milhões de habitantes, Singapura se transformou em um HUB para o transporte marítimo entre a Ásia e o resto do mundo. O Porto de Singapura é hoje conectado a mais de 600 portos no mundo, localizados em 120 países.

A comitiva fica em Singapura até o dia 07 de setembro. “Essa visita é muito importante para que possamos conhecer a realidade de um porto que se moderniza o tempo todo. Além de permitir o estreitamento das relações e a troca de conhecimento entre os dois países”, completou o senador Wellington Fagundes.

Já o deputado federal Júnior Bozzella (PSL) afirmou que a “missão não medirá esforços para que a colaboração entre os dois países aumente”. 

Para o presidente da ANTAQ (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), Mário Povia, a visita acontece num momento muito importante para o Brasil, que discute novos modelos para o sistema portuário. “Ao mesmo tempo, serve para divulgar a agenda de privatizações do governo federal, que não se limita ao setor portuário”, afirmou.

Da Assessoria / com Santos Export