Festival de Siriri e Cururu recebe recursos do governo federal

Festival de Siriri e Cururu recebe recursos do governo federal

O Ministério da Cidadania liberou, nesta semana, recursos de R$ 97 mil para pagamento do Festival de Siriri e Cururu em Cuiabá, realizado em maio deste ano. Os recursos são provenientes de emenda de R$ 200 mil apresentada pelo senador Wellington Fagundes (PL-MT).

A 13ª edição do festival retomou o formato inicial e, segundo o secretário Municipal de Turismo e Cultura de Cuiabá, Francisco Vuolo, foi um resgate das tradições na comemoração dos 300 anos da capital. Nas três primeiras edições, o festival se propunha a fazer uma disputa entre os grupos de dança existentes em Cuiabá. Neste ano, a disputa estava de volta, envolvendo 10 grupos. O vencedor foi o grupo Flor do Campo.

“Esse festival mostra ao mundo toda a beleza das cores, do ritmo, da música, da alegria e da dança cuiabanas. Hoje, o mundo reconhece nossa cultura”, lembra o senador ao citar o grupo Flor Ribeirinha, que venceu o festival internacional de dança na Turquia, no ano passado.

“Investir no siriri e cururu é resgatar nossa história e nossa cultura”, diz a idealizadora e fundadora do grupo Flor Ribeirinha, Domingas Leonor da Silva.

Durante o festival, o prefeito Emanuel Pinheiro também ressaltou a importância de manter viva essa tradição.

“Já estamos pensando no festival do ano que vem”, diz o secretário de Cultura e Turismo, Francisco Vuolo.

Da assessoria