Rondonópolis recebe reforço de vacinas contra H1N1

Rondonópolis recebe reforço de vacinas contra H1N1

Serão ao todo 30 mil novas doses de vacina para o município que confirmou duas mortes por H1N1 e um caso segue em investigação Rondonópolis

Começou nesta quarta-feira (31.07) a vacinação contra a gripe H1N1 em Rondonópolis. Inicialmente, serão vacinados os grupos prioritários, formados por idosos, crianças de até 06 anos, gestantes e puérperas, acadêmicos da área de Saúde que estão em estágio e membros das forças de segurança pública.

As 30 mil doses, que haviam sido liberadas pelo Ministério da Saúde, chegaram ontem à cidade e já estão disponíveis para a vacinação. Os grupos prioritários serão os primeiros atendidos nesta quarta, quinta e sexta-feira.

Segundo a secretária municipal de Saúde, Izalba diva de Albuquerque, no sábado, será realizado o dia “D”, quando todos os postos de saúde farão a vacinação das 08 às 17 horas ininterruptamente. “Nesse dia, toda a população poderá procurar os postos de saúde, independente de grupos ou faixa etária”, disse ela, que ressalta a atuação do senador Wellington Fagundes, que esteve pessoalmente falando com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, sobre as doses extras de vacinas para o município. Rondonópolis registrou dois casos de morte em consequência da gripe H1N1. “Quero agradecer ao senador Wellington, ao ministro e ao prefeito José Carlos do Pátio, que juntaram forças para atender essa questão”, disse.

A população deve levar o cartão de vacinação, já que poderá contar com vacinas para outras doenças, além da H1N1.

Da assessoria